SUA MARCA, MARCA?

SUA MARCA, MARCA?

Já se perguntou isso? Sim? Não? Afinal de contas, o que é marca? E como ela pode marcar?

Você que está lendo este artigo tem uma marca, sabes disso, não é?

E deixa eu te contar um segredo: a tua marca não é apenas seu nome, mas, também, a sua história; seu DNA; o que você faz; por que faz e como faz; o que se propõe para mudar a vida das pessoas e o mundo que você vive. Tudo isso é a sua marca. Da mesma forma, acontece com sua empresa ou onde tu trabalhas.

Marca não é mais um logotipo desenhado bonitinho no Corel Draw que você entrega com comunicação. Marca é um jeito de pensar e de fazer. E este jeito de pensar e de fazer deve promover mudanças, deve provocar experiências e deve marcar as pessoas. Hoje em dia o consumidor não apenas consome o que você ou sua empresa produzem, mas leva consigo o que vocês se propõem a fazer. Leva para sua casa, para sua família e para sua vida. Então você, caro leitor empreendedor, gestor, analista ou estagiário, pense nisso! Mais pessoas querem que sua marca entre em suas casas, basta você querer e saber fazer.

Você pode estar pensando: “Ok, entendi! Mas, como gerencio e capacito minhas marcas, seja da empresa ou pessoal?”

O finalzinho do século XX e a chegada do século XXI trouxeram várias invenções como, por exemplo, a internet. E, este ambiente extremamente colaborativo e de comunicação altamente veloz, nos mostrou um novo jeito de olhar para o consumidor e para o mercado. Este novo jeito chama-se “branding”.

O branding capacita as empresas para a sua dinâmica de relações com o mercado.

Lembra do “jeito de pensar e de fazer” que falamos acima? É exatamente isto que o branding faz – capacitar a empresa para que o seu maior ativo intangível e estratégico entre na vida das pessoas através do “jeito de pensar e de fazer”. Ou seja, sua marca. E ela precisa marcar. Se não marcou, não fez marketing. Se não marcou, não fez branding.

Ah, é até importante destacar que o branding não substitui o marketing. Eles se completam, ok?

Então, se você gerencia a marca da sua empresa através do branding, como você gerencia sua marca pessoal?

Através do personal branding, que enxerga e considera as pessoas como marcas, que devem ser desenvolvidas, transmitidas e protegidas, exatamente como acontece com a marca da sua empresa. Desta forma, você obterá êxito no mercado profissional e social.

Reflita:
Se você faz auditoria na sua empresa, faça também na sua marca pessoal.
Se sua empresa tem um site, faça um site pessoal, um blog, um canal no youtube, etc. Mas tenha presença relevante na internet.

Produza valor para sua empresa e para você.
Sejam colaborativos, sua empresa e você.
E mudem o mundo, sua empresa e você.

Percebes que não há diferença entre marcas? A diferença está inscrita uma num CNPJ e a outra num CPF. Mas, a importância e como elas devem se reportar ao mercado, são as mesmas. Sendo assim, faça sua marca marcar. 😉

Leo Lourenço

Leave a comment